[RESENHA] Fênix: A Ilha - John Dixon


Quem não gostaria de se tornar fã de um autor e tê-lo respondendo às suas mensagens no twitter sem demora? Por sorte e intervenção Divina, John Dixon é um cara muito simpático e conversa comigo desde pouco antes de eu terminar a leitura de seu livro.  O cara me pediu desculpas pela, já adiantada notícia, das mortes nos segundo volume da série, #Desvil’sPocket e de quebra, me respondeu em português quando eu revelei ser um leitor brasileiro. Pra melhorar ainda mais a coisa, eu notei em seus agradecimentos que ele é amigos de Lissa Price, autora do celebre, Starters. E John Dixon me colocou em contato com ela, que também responde em português pra nós quando pode.


Sem telefone. Sem sms. Sem e-mail. Sem TV. Sem Internet. Sem Saída. Bem-vindo a Fênix: A Ilha.


Fênix: A Ilha 

Autor (a): John Dixon 
ISBN: 9788581633824
Páginas: 336 páginas 

Editora: Novo Coneito
Ano: 2014

Sinopse:
Campeão de boxe com o gancho preciso e o pavio curto, Carl Freeman, aos 16 anos, costuma ser transferido de um reformatório para outro. Ele não consegue ficar longe de problemas – sempre usa os punhos para defender das provocações os seus colegas mais fracos. No último incidente, seu adversário foi parar no hospital, e agora o Juizado de Menores vai encaminha Carl para o pior lugar da Terra.
Classificada como “instituição terminal”, a Ilha Fênix é o fim da linha para os delinquentes que não têm lar, nem família, nem futuro. Localizada em algum lugar distante da costa dos Estados Unidos – e imune às suas leis –, a ilha é um severo campo de treinamento o estilo espartano, administrada por sargentos sádicos que não têm nenhuma piedade dos jovens recrutas. Sentenciado  a permanecer na ilha até completar 18 anos, Carl planeja seguir as ordens, e faz amizade com Ross, seu sarcástico colega de cela, e Octavia, uma misteriosa garota de olhos cinza.
Ele também faz inimizades e, depois de algumas situações difíceis, ganha o apelido de Hollywood – além de uma sequencia de punições, incluindo uma noite brutal na “cabine do suor”.

Entretanto, nada se compara ao que espera por Carl na “Oficina”, um laboratório secreto onde ele terá o que nunca sonhou: uma nova vida...
Resenha:

Um fato importante, você só não gostará de Carl nas duas primeiras páginas. Onde ele está decidido a mostrar toda a sua chatice, depois disso meu(minha) querido(a), prepare-se...

John Dixon sabia o que estava fazendo. Isso se torna uma certeza profunda quando você termina de ler Fênix: A Ilha. Carl é um protagonista maravilhoso. Inteligente, humano, e destemido.
Ele nunca hesitou ante a defender os desfavorecidos. E quando essas virtudes são negligenciadas, Carl sabe que precisará tomar cuidado. Na Ilha Fênix, a crueldade é a chave para o sucesso. E quanto mais maníaco, mais promissor é.
            Tenente Parker é o pior dos soldados da ilha. Logo que desembarca, Carl já consegue a inimizade desse oficial que é no mínimo, um lixo de ser humano. Carl foi campeão de boxe, e um dos únicos luxos que ele se permite, é carregar sua medalha consigo, mas Parker garante que isso é uma decisão de “indivíduos”, e essas pessoas não possuem lugar naquela ilha. Quando Carl o contesta, ele dá um castigo coletivo, fazendo assim, com que Carl consiga mais alguns inimigos em meio a todos os adolescentes considerados delinquentes que desembarcaram com ele no acampamento.
            A vida ali não é tão difícil quanto todos dizem, a rotina condiz em ser xingado e passar a maior parte do dia fazendo exercícios. Mas Carl é um boxeador, então, exercícios não são um problema pra ele. O problema mesmo é conviver com as investidas de Parker e as provocações dos garotos mais ‘barra pesada’. Ainda mais quando Parker lhe dá o odioso apelido de Hollywood.
            A idéia de Carl é ser um cara legal e obedecer as regras. Assim, segundo o que o Juiz lhe disse, ele poderá ter uma vida nova e até se tornar o policial que seu pai fora.
            Mas a idéia vai por água a baixo quando Carl descobre um diário abandonado de um garoto que esteve na Ilha pouco antes dele. Nos relatos, Carl encontra uma possível verdade que abala suas opções. Um cara denominado ‘Ancião’, libera seus oficiais para matarem qualquer um dos garotos que saia da linha. Mortes que aparentemente servem como exemplo. E ainda, os jovens que se destacam, são convocados para se juntarem a um time de Assassinos de Elite.
            Logo, Carl vai descobrir que as promessas do juiz de um futuro melhor não passavam de mentiras. O ‘Ancião’ realmente existe, e os relatos do diário são mais do que verdadeiros. Mas o que as folhas de papel não contam é que aliados podem representar perigos enormes, e que Carl estava sendo esperado na ilha desde muito antes.
            A história é repleta de sacrifícios, e John Dixon parece ter passado algum tempo com George Martin, pois eis que ele matou meu personagem preferido.
            Nem isso, nem a falta de senso de Carl ante os seus inimigos deixam o livro ruim. Muito longe disso...



            Sem falhas muito importantes, e no total, ela somam-se irrisórias, John Dixon mostra a qualidade da sua escrita e o motivo principal por terem criado uma serie televisiva inspirada em seu livro. A serie de TV Intelligence, infelizmente não fez sucesso e foi cancelada no fim da primeira temporada. Mas o segundo livro vem aí e só sua sinopse já deixa uma aura de curiosidade esmagadora...
            Uma leitura que vale muito à pena. Uma leitura que nem tem pena, pra falar a verdade. Fácil, simples, inteligente, engraçado e emocionante. Sacrifícios, lutas e intrigas. Uma floresta repleta de perigos...


            Bem vindo à Ilha Fênix.

Até mais,


Dicas de filmes: Paixão sem limites e Sou louco por você

Gente... semana passada fiquei em falta com vocês. Por isso eu vou indicar dois filmes hoje!







Paixão sem limitesTres Metros Sobre el Cielo2010

Sinopse: História de dois jovens que pertencem a mundos diferentes. É a crônica de um amor improvável, quase impossível, mas que os arrasta inevitavelmente a uma jornada frenética onde descobrem um grande amor. Babi (Maria Valverde) é uma garota de classe média-alta, educada, bondosa e inocente. Hache (Mario Casas) é um garoto rebelde, impulsivo, inconsciente, tem um apetite para o risco e perigo encarnado em brigas intermináveis ​​e corridas de moto ilegal, fora do limite do bom senso.


Sou louco por vocêTengo Ganas de Ti 2012

Sinopse: Após passar dois anos auto-exilado em Nova York para afastar as lembranças de sua ex-namorada Babi, da morte trágica de seu melhor amigo Pollo e do relacionamento conflituoso com sua mãe, Step volta a Roma e tem a chance de reconstruir sua vida. Morando com o irmão e em um novo emprego que seu pai lhe arrumou, Step conhece a bela e decidida Gin, que o faz voltar a acreditar no amor. No entanto, Babi retorna a sua vida, despertando velhos sentimentos. É aí que ele se depara com uma dúvida: Babi ou Gin?Será possível reviver a magia do primeiro amor?


Então gente... não tem como não gostar desses filmes! Uma adaptação dos livros de Federico Moccia. Dois lindos romances, que eu sou apaixonada. E não tem como negar que é uma visão linda Mario CasasMaría Valverde... que alem de lindos, são talentosos!


Bom por hoje é isso... Assistam e depois me contem o que acharam .... Okay?
Bom fim de semana amores! 

Bjos da Fê

[LANÇAMENTO] - Sonhos Noturnos por Vanessa Mairink



Pra você que gosta de literatura nacional, marque o dia 30 de agosto aí no calendário. Esse dia será marcado pelo lançamento de ‘Sonhos Noturnos’, romance de estréia de Vanessa Mairink...

Abaixo segue a capa (verdadeiramente ótima) do romance, e a sinopse:





Camille é uma garota que vive com a mãe e a irmã, não tem conhecimento algum sobre seu pai e é vitima de sonhos estranhos. Uma carta que não foi enviada e um acidente, estreitam a situação e deixam Camille confusa e culpada. 
Quando descobre ser filha de um deus inicia seu treinamento, onde luta com seus sentimentos e perdas, se apaixona e parte numa missão em que sonho e realidade se encontram.


Mais informações sobre o romance, você encontra na página oficial do mesmo no Facebook.




Dica de filme: Amizade Colorida


Amizade Colorida
Friends With Benefits
2011

Sinopse

"Jamie (Mila Kunis) é uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial (Justin Timberlake) a deixar seu emprego em Los Angeles para trás e aceitar um emprego na Big Apple. Ele aceita a proposta e logo os dois se tornam bons amigos. Um dia, após assistir um filme na casa dela, surge o papo do quanto a carência sexual incomoda ambos. Eles fazem um pacto de que terão apenas sexo, sem qualquer envolvimento emocional. Só que, aos poucos, a intimidade faz com que eles se tornem cada vez mais próximos e interessados um no outro."


Gatos e Gatas ♥ eu dei muita risada com esse filme...e me emocione também. Então vale a pena conferir. Eles estão perfeitos juntos, nesse filme estão mais que demais!!!

P.S. Verifique a classificação indicativa, okay?

Essa é a dica da semana depois me contem o que acharam e quem já assistiu deixe um pitaco... hehehehehehe 
Bom fim de semana amores! ♥

Bjos da Fê



[RESENHA] O Visconde que me Amava - Julia Quinn


O Visconde que me Amava - Os Bridgertons 2
Título original: The Viscount Who Loved Me
Autor (a): Julia Quinn
ISBN: 9788580411973
Páginas: 304 páginas
Editora: Arqueiro
Ano: 2013
Onde Comprar: Submarino | Saraiva
| Livraria Cultura
Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.

Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.

Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.

Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

Já pensou? Corteja uma irmã e se apaixonar pela outra?
Então, é bem isso que você pode esperar desse livro! Claro que assumir que se sentem atraídos um pelo outro vai ser a parte complicada da história, mas.. Quem não gosta de teimosos?
Esse é o segundo livro da série "Os Bridgertons" e esse livro trás a história de Anthony, o primogênito dos Bridgertons, no primeiro livro, você tem a apresentação de Anthony, mesmo que por cima, e já tem uma ideia da personalidade de Anthony e de alguns conceitos sobre o que ele acha sobre família e responsabilidades, mesmo sendo um libertino. Além de notar que ele é meio maluquinho, só agora vamos ter ideia do por que e o que o faz assim, ele tem a ideia fixa de que só viverá até os 38 anos e depois sucumbirá a morte.
Apesar dessa ideia louca, ele resolve que está na hora de casar-se e formar uma família. E para isso escolhe a queridinha da temporada, Edwina Sheffield. Só tem um porem, para que ele possa casare com Edwina, precisa ser aprovado pela irmã dela, Kate Sheffield, que não está nem um pouco inclinada a permitir, por acha-lo o pior libertino de todo o país e que está determinada a mantê-se e manter a irmã o mais longe possível de Anthony.
De personalidade forte e corajosa, Kate é o oposto em aparência e graça da irmã. Mas isso não a torna menos interessante. Enquanto Edwina é o tipo comum esperado nas esposas dos nobres homens da sociedade da época, Kate faz o tipo intrigante e até mesmo irritante, mas que chama atenção por ser única. O que acaba formando aquele casal, a gente briga, mas a gente se ama, entendem?
Não só a personalidade do casal, mas o jornal de fofoca, os bailes, os vestidos e chás da tarde, me fizeram desejar está no lugar de Kate, por todos os motivos certos e errados. Julia sempre faz isso com o leitor, sonhar acordado com um tempo tão distante e tão cheio de vida e proximidade. Nas palavras de Nora Roberts, maravilhoso. É como posso resumi esse livro!

E vocês? Leram o livro? O que acharam?
Espero que tenham gostado do post! E gatos e gatas, vocês preferem resenha em vídeo ou assim?
Deixem seus comentários abaixo me dêem dicas do que vocês gostariam de ler por aqui para eu manter o blog atualizado! :)
Sinceramente,

Dica de filme: A menina que roubava livros


A menina que roubava livros
The book thief
2013

Sinopse e Detalhes

"Baseado no livro best-seller, A Menina Que Roubava Livros conta a história de Liesel, uma garotinha extraordinária e corajosa, que foi viver com uma família adotiva durante a Segunda Guerra, na Alemanha. Ela aprende a ler, encorajada por sua nova família, e Max, um refugiado judeu, que elas escondem embaixo da escada. Para Liesel e Max, o poder das palavras e da imaginação se tornam a única escapatória do caos que está acontecendo em volta deles. A Menina Que Roubava Livros é uma história sobre a capacidade de sobrevivência e resistência do espírito humano."

Oi amores... então hoje meu dia foi muito corrido, mas não poderia deixar de passar aqui pra dar a dica do fim de semana. Eu, particularmente, amei esse filme. Mas tem gente que diz que pulou muitas partes do livro e que faltou alguma coisa. Então quer uma dica?! Se tiver a oportunidade leia o livro. Tenho certeza que não será um desperdício de tempo e que vale a pena!

Essa é a dica da semana... E sei que não tem nada a ver com filmes o que eu vou dizer aqui, mas quero contar pra vocês uma novidade. Vou estudar inglês... Pra algumas pessoas isso pode ser a coisa mais natural do mundo, mas eu estou muito animada e feliz e gostaria de compartilhar isso com vocês!

Enfim.... por hoje é só amores. Espero que tenham gostado.

Bjos da Fê





[RESENHA] Sangue na Neve - Lisa Gardner


Sangue na Neve
Título original: Love You More
Autor (a): Lisa Gardner
ISBN: 9788581631998
Páginas: 415 páginas
Editora: Novo Conceito
Ano: 2013
Onde Comprar: Submarino | Saraiva
| Livraria Cultura
Sinopse:
A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confirmam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D.Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples. No entanto, ao abrir o inquérito, D. D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e — afinal — onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou em seu marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha? D. D. Warren, a experiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética por uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.
Que eu sou apaixonada por livros, series e qualquer que envolva histórias policiais. TODO MUNDO SABE!
E essa série é simplesmente maravilhosa! Apesar da editora não está lançando na ordem correta! Não que isso prejudique a história, mas é muita unica queixa sobre a ela. Mas por esse livro se tratar do quinto volume e o seguinte é o segundo da série algumas informações que você não teria se lesse na ordem correta, você não teria, por essa pequeno descuido, você fica sabendo e isso me incomoda no quesito SURPRESAAAA.
A história é ótima. Apesar de ter 400 e algumas páginas, o livro não enche linguiça e te prende até o final.
Na história temos Tessa, que é no minimo uma mulher brilhante. Suspeita de matar a família dela, ela faz uma revolução. Para provar sua inocência, mas mais que isso pegar quem fez isso. O que demora um bocado pra entender o que realmente aconteceu, mas vale a pena cada segundo de aflição de ela não conseguir fazer tudo a tempo. Além de um passado não explicado que é uma das grandes bases pra sustentar a suspeita sobre ela.
Além de contar com D.D e Bobby em mais uma investigação. Correndo contra o tempo para prender Tessa, uma vez que a investigação caminha o tempo com ela sendo a responsável pelo que aconteceu, até ter uma certa mudança, já que aparentemente Tessa só reagiu ao ouvir o nome da filha.
Mais um TRILLER PERFEITO!
E vocês? Leram o livro? O que acharam?
Espero que tenham gostado do post! E gatos e gatas, vocês preferem resenha em video ou assim?
Deixem seus comentários abaixo e me dêem dicas do que vocês gostariam de ler por aqui para eu manter o blog atualizado! :)
Sinceramente,